Base submarina da 2ª Guerra Mundial é transformada em centro de arte digital

Base submarina da 2ª Guerra Mundial é transformada em centro de arte digital

base submarina arte digital

História e arte em muitas vezes andam de mãos dadas, em diversos casos. Agora, estarão juntos novamente para formar o maior centro de arte digital imersiva do mundo. Uma base submarina utilizada na 2ª Guerra Mundial, localizada em Bordeaux, na França, passou por uma reforma incrível e forma hoje o Les Bassins de Lumières.

 

O bunker possui 13 mil metros quadrados, que serão cobertos por artes dos mais variados artistas mundiais. As projeções se darão via 90 projetores de vídeo e 80 altifalantes. 

 

+ La Casa de Papel Experience vai simular assalto ao banco de São Paulo

 

Em 2018, a gestão do bunker foi cedida à empresa Culturespaces, que desde então vem trabalhando para transformá-lo em um centro de arte digital. A inauguração, prevista para 17 de Abril, contará com quatro galerias e será com obras do pintor austríaco Gustav Klimt.

 

Os dois espaços principais, Le Cube e La Citerne, com oito e sete metros de altura, respetivamente, vão receber ciclos de exposições pensados para quem gosta de arte clássica mas também contemporânea. A exposição principal de abertura intitula-se Gustav Klimt: Gold and Colour e é dedicada ao pintor, músico e professor austríaco.

 

+ Exposição gratuita e interativa sobre o Egito Antigo chega a São Paulo

 

A exposição reflete um século de pintura vienense e olha de forma original para a obra de Gustav Klimt e dos seus sucessores com apresentação de retratos, paisagens, nus e cores mostrando o seu papel revolucionário na transição para a arte moderna. Estarão representadas, por via de projeções, obras tão emblemáticas como O Beijo, inserido no ambiente da Viena Imperial do final do século XIX.

 

+ Conheça o MIS Experience: primeiro espaço de arte imersiva da América Latina

 

Exposição de Paul Klee na base submarina de arte digital

 

Uma outra exposição será dedicada ao artista alemão Paul Klee, numa mostra imersiva com base nos seus trabalhos abstratos e cheios de cor, levando os visitantes à abertura de uma ópera numa cidade imaginária num concerto subaquático entre peixes coloridos e ao ritmo das suas estruturas geométricas.

 

Paul Klee: painting music (Fonte: Divulgação)

 

Bassins de Lumièes, Bordéus
Abertura: 17 de abril de 2020
Web: bassins-lumieres.com

 

Via Bassins de Lumières, com informações de Volta Ao Mundo

 

Comentários