É treta! Fox processa Netflix por “roubar seus funcionários”

É treta! Fox processa Netflix por “roubar seus funcionários”

É TRETAAA ! Ta rolando o assunto que o  estúdio 20th Century Fox deu início a um processo na Corte Superior de Los Angeles, nos EUA, contra a Netflix.

 

A acusação? A gigangte do streaming estaria usando meios ilegais para “roubar funcionários” da emissora. Recentemente, a Netflix assinou contrato com a executiva de programação e o planejador de promoções, agora ex-funcionários da Fox.

 

Os desentendimentos começaram quando a Netflix contratou a produtora executiva Tara Flynn e o analista de marketing Marcos Waltenberg, ambos da Fox. Na época, a emissora acusou a gigante do streaming de convencer a dupla a quebrar seus contratos de exclusividade ainda em vigor.

 

Leia também: Netflix anuncia que está buscando limitar o compartilhamento de senhas

 

Por conta disso, o juiz do Tribunal Superior da Califórnia, Marc Gross, atendeu ao pedido da Fox e emitiu uma sentença registrada em 48 páginas proibindo a Netflix de continuar contratando funcionários da emissora, que agora é propriedade da Disney.

 

“A Netflix está proibida de solicitar funcionários que estejam sujeitos a contratos de trabalho de longo prazo com a Fox ou induzi-los a violar seus contratos. Essa prática viola diversos atributos éticos e trabalhistas.”, diz parte do documento.

 

Em um comunicado, a Netflix se manifestou e irá recorrer da decisão.

 

“Como o juiz Gross deixou claro, a Fox não conseguiu provar que foi ferida de alguma maneira quando dois executivos decidiram exercer seu direito de migrar para a Netflix. Os contratos ilegais da Fox obrigam os funcionários a permanecerem presos em empregos que não desejam mais, vivendo com salários muito abaixo da taxa de mercado. Continuaremos a lutar para garantir que as pessoas que trabalham na indústria do entretenimento tenham os mesmos direitos que praticamente todos os outros californianos e possam fazer suas próprias escolhas sobre onde querem trabalhar.”

 

Por conta de seu modelo diferente de negócios, a Netflix já encontrou alguns empecilhos – embora essa seja a primeira vez que ela é processada por esse motivo em específico. A empresa também entrou em apuros jurídicos por causa da série Narcos e também foi cobrada pelos funcionários que são pagos para assistir a filmes e séries no serviço.

 

+++ Netflix lançará documentário sobre League of Legends

 

Até o momento, maiores detalhes não foram informados, e ainda não se sabe se o pedido da Netflix foi atendido pelo tribunal.

 

Tu ta metida com roubo, Netflix ?

 

 

Comentários