Fake! Loló não cura coronavírus, cuidado com boatos

Fake! Loló não cura coronavírus, cuidado com boatos

Durante o carnaval o boato de que Loló curaria infecções pelo coronavírus se espalharam pelas redes sociais. Por mais improvável que pareça, as pessoas tem acreditado nisso.

 

Muitos boatos fake sobre o coronavírus estão se espalhando pelas redes sociais ainda mais rápido que a própria doença. O portal Metrópoles, de Brasília, cita duas das mais perigosas, que associam a cura e prevenção do coronavírus ao uso de loló ou cocaína. As informações são do jornal O Povo.

 

 

Leia também: 

 

 

Por mais absurdo que pareça, as pessoas tem acreditado nisso. E não preciso nem dizer sobre os riscos desse tipo de ‘desinformação’ disponível nas redes sociais. 

 

Já abordamos diversas vezes, aqui no Portal Mundo, os perigos do uso indevido de diversas substâncias e, pontualmente, dos danos que o Loló e o Lança trazem à saúde

 

O loló é uma mistura de éter e clorofórmio proibida por seu potencial de intoxicação. Já a cocaína é uma droga obtida a partir da folha de coca, também é proibida e seu uso pode levar ao vício e à morte.

 

“Não há remédio para o coronavírus, da mesma maneira que não existe remédio para gripe”, disse o infectologista David Urbaez, da rede Exame/Dasa, ao Metrópole.

 

Em fevereiro deste ano, foliões, frequentadores e moradores de áreas onde o Pré-Carnaval oficial de Fortaleza aconteceu, denunciaram ao O POVO o uso frequente e “escancarado” do loló durante festas. 

 

Além da intoxicação, o uso também pode desenvolver sérios transtornos cardíacos e o potencial de que a droga cause danos hepáticos chega a ser “maior que o das bebidas alcoólicas”, segundo informações da professora de farmacognosia Mary Anne, da Universidade Federal do Ceará (UFC).

 

Cabe o aviso: Cuidado com boatos, reduza os danos, não misture substâncias e a prevenção ao contagio por coronavírus continua sendo práticas básicas de higiene pessoal. Loló não cura coronavírus!

 

 



Comentários

Redação Portal Mundo

Redação oficial do Portal Mundo e do grupo Mundo Psicodélico.