Mais cinco estados dos EUA aprovaram a legalização da maconha

Mais cinco estados dos EUA aprovaram a legalização da maconha

EUA legalização da maconha

A população dos Estados Unidos foi às urnas no dia de ontem (03/11) para eleger seu novo presidente. Além disso, em cada estado ocorreram votações sobre temas variados, e em alguns deles, estava a maconha. 

 

*Foto de capa: Reprodução/Freepik

 

Eleitores de cinco estados aprovaram a legalização da planta para fins recreativos ou medicinais. A maconha recreativa foi legalizada em Nova Jersey, Arizona e e Montana. No Mississippi foi legalizada a maconha medicinal.

 

Já em Dakota do Sul a maconha foi legalizada para ambos os fins: recreativo e medicinal. 

 

+ Estratégias de redução de danos com maconha

+ Maconha sem cheiro pode se tornar realidade

 

Agora, um terço dos americanos vive em estados onde há acesso legal à maconha. 

 

Além de votar para presidente, os estados dos EUA fazem consultas aos eleitores sobre assuntos específicos. Nesses locais, havia uma pergunta na cédula sobre a legalização da maconha. Na Florida, por exemplo, decidiu-se, por plebiscito, aumentar o salário mínimo. 

 

Há particularidades nos estados: em Nova Jersey, a assembleia legislativa local ainda precisa passar uma lei para tornar a maconha legal.

 

+ Uso de maconha não afeta produtividade no trabalho, aponta pesquisa

+ Usuários de maconha buscam alívio e não apenas onda

 

Na Dakota do Sul, aprovou-se a droga para fins médicos e recreativos ao mesmo tempo.

 

A legalização venceu em todos os estados onde houve consulta.

 

No estado do Nebraska, os ativistas chegaram a juntar assinaturas para incluir a questão nas cédulas, mas o Supremo Tribunal estadual barrou.

 

Leia mais sobre os resultados das eleições dos EUA

 

 

 

Comentários