Netflix revela produções que já foram censuradas por governos

Netflix revela produções que já foram censuradas por governos

Netflix censurada filmes series proibidos

Pela primeira vez em sua história, a Netflix divulgou um relatório contendo dados e informações sobre produções que já foram censuradas a pedido de governos. A empresa também informou que daqui em diante passará a produzir um relatório anual sobre.

 

Desde 1997, ano de sua fundação, a Netflix recebeu apenas nove pedidos de remoção de conteúdo, segundo informações do site Axios.

 

Visto que a Netflix está sempre em busca de expandir seus negócios no mundo, a empresa decidiu ser transparente sobre como lida com as medidas de censura dos países, sempre priorizando a completa disponibilidade de seu conteúdo. Mas, se um governo não aceita determinado conteúdo, a Netflix é obrigada a retirar do ar naquele país.

 

Mas também não é assim tão fácil. A retirada do conteúdo só acontece depois de recebida uma notificação de censura por escrito das autoridades e depois da análise sobre a efetiva ilegalidade do seu teor. 

 

Entre os países que solicitaram a retirada de produções estão Alemanha, Nova Zelândia, Singapura e Arábia Saudita. Inclusive, entre os alvos desses pedidos, por parte de Singapura, estão as produções brasileiras “Especial de Natal: Se Beber, Não Ceie” (2018) e “A Última Tentação de Cristo” (2019), do Porta dos Fundos. 

 

Veja a lista dos 9 pedidos de censura já recebidos pela Netflix:

 

  • The Bridge, a pedido da Nova Zelândia em 2015;
  • Nascido para Matar, a pedido do Vietnã em 2017;
  • A Noite dos Mortos-Vivos, a pedido da Alemanha em 2017;
  • Cozinhando em 4:20, a pedido de Singapura em 2018;
  • The Legend of 420, a pedido de Singapura em 2018;
  • Disjointed, a pedido de Singura em 2018;
  • Patriot Act with Hasan Minhaj, a pedido da Arábia Saudita em 2019;
  • A Última Tentação de Cristo, a pedido de Singapura em 2019;
  • Especial de Natal: Se Beber, Não Ceie, a pedido de Singapura em 2019.

 

A empresa lembra que a retirada de um filme a pedido de um governo é restrita aos assinantes daquele território. Por isso, não afeta usuários de outros países. 

 

Comentários

Redação Portal Mundo

Redação oficial do Portal Mundo e do grupo Mundo Psicodélico.