Redução de danos para fumantes: piteiras de papel, madeira ou murano?

Redução de danos para fumantes: piteiras de papel, madeira ou murano?

As práticas de redução de danos (não só para fumantes) estão se tornando cada vez mais populares no mundo, por isso, hoje falaremos sobre piteiras.

 

Mas nem todos sabem que para toda substância existem diversas estratégias reducionistas que podem ser aplicadas para diminuir os danos causados pelo uso. Já falamos bastante sobre e ainda falaremos muito mais. Por isso, fique ligado na aba ‘Redução de Danos’ do nosso portal.

 

 

Hoje falaremos sobre o uso de piteiras como estratégia de redução de danos para fumantes. No mundo, existem mais de 1 bilhão de fumantes de tabaco segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Isso sem considerar os usuários de cannabis.

 

Por exemplo, apenas no Brasil, estima-se que 1,5 milhão de pessoas façam uso diário de maconha. O número foi divulgado pelo “II Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (LENAD)” realizado pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) em 2012.

 

É muita gente fumando, não é mesmo?

 

+ Cigarro de palha vs cigarro convencional: qual causa menos danos?

 

Redução de danos para fumantes

 

Quando pensamos redução de danos para fumantes, uma das principais estratégias é o uso de piteiras. Se você é usuário de cigarros convencionais, recomendamos que passe a enrolar seu próprio cigarro. Assim você estará economizando e reduzindo os danos no seu corpo.

 

Agora que você enrola o seu próprio cigarro e com uma seda de qualidade (atenção com as sedas de baixa qualidade e que levam cloro!), bate uma grande dúvida: qual piteira utilizar?

 

Primeiramente, entenda os benefícios da piteira: I) ela evita que o fumo caia do cigarro; II) facilita na hora de enrolar e da uma boa estrutura; III) resfria a fumaça, diminuindo assim os danos causados; IV) evita ocasionais manchas no dedo e na boca e V) filtra toxinas e diminui o contato direto do cigarro.

 

De certa forma, a piteira funciona como uma teia de aranha que retém boa parte das toxinas que por ela passam. Sem a piteira, estas substâncias tóxicas seriam ingeridas pelo usuário; por isso a importância do uso de uma piteira adequada.

 

+ Cigarro supera plástico e se torna principal poluente dos oceanos

 

Existem no mercado diversos tipos de piteira. Papel, madeira, vidro…tem para todos os gostos. Todas elas cumprem seu papel principal: o de reduzir os danos. No entanto, é necessário ficar atento em produtos falsificados e marcas inapropriadas. Devido ao grande mercado, existem hoje falsificações que não reduzem os danos e podem até potencializá-los a depender do modo de fabricação e dos produtos utilizados.

 

Por isso, recomendamos a utilização de produtos e piteiras Yellow Finger. A marca é a primeira empresa especializada em piteiras do mundo e referência nacional. Todos os seus produtos são ecologicamente corretos e sustentáveis, visto que a própria Yellow Finger aborda e apoia constantemente práticas de redução de danos.

 

Piteira de papel

 

É o tipo de piteira mais conhecido e utilizado devido ao custo benefício. Permite vários formatos e adequações por ser moldável. Apesar de ser de papel, não se preocupe: ela também reduz consideravelmente os danos e retém grande quantidade de toxina. Ela é descartável e normalmente é o primeiro tipo de piteira de todos os fumantes. Na piteirinha de papel é que nasce esse gosto por um fumo menos danoso e mais saboroso. Se você não utiliza piteira, te recomendo começar logo! Em breve você vai passar da piteira de papel para um colecionador de piteiras de vidro.

 

+ Conheça o Head Shop da Mundo Store!

 

 

Escolha do editor

 

Entre as piteiras de papel, o lançamento recente da Yellow Finger conquistou meu coração. A piteira Double Cotton é 100% natural elaborada com celulose + algodão e livre de cloro elementar (ECF). Logo no primeiro toque, no primeiro trago, você sente a diferença dela para as demais piteiras de papel. É uma suavidade incomum, indicada precisamente para redução de danos para fumantes.

 

Piteira Double Cotton – Yellow Finger. (IMAGEM/DIVULGAÇÃO)

 

Piteira de madeira

 

Você pode encontrar piteiras das mais variadas madeiras (Imbuia, Eucalipto, Marfim e outras). O mais interessante das piteiras de madeiras é o preenchimento que elas ocupam no cigarro enrolado. Fica bem firme e assim dá uma sensação ótima ao tragar. É possível encontrar de todos os tamanhos e até longas. A piteira de madeira é descartável, no entanto, se for de interesse é possível reutilizar algumas poucas vezes. Mas não lave com água: passe um cotonete por dentro e retire o tóxico que ela absorveu da última session.

 

+ Os perigos da maconha prensada e estratégias de redução de danos

 

Quanto ao custo benefício, ele é um pouco inferior ao da piteira de papel. No entanto, o sabor é um pouco mais preservado e a possibilidade de limpar e reutilizar acaba estendendo o tempo de vida de uma caixinha de piteiras de madeira.

 

Mas além disso, você pode utilizar uma Marica Yellow Finger. Diferente dos outros tipos de piteira, a marica é utilizada do lado externo do cigarro. Além do estilo que proporciona, ela é reutilizável (por muitas vezes!) e evita cheiro nos dedos. Ideal para algumas escapadas, não?

 

redução de danos fumantes piteiras vidro papel madeira Marica Yellow Finger (IMAGEM/DIVULGAÇÃO)

 

Escolha do editor

 

+ Loló e Lança perfume: o que é, perigos, efeitos e redução de danos

+ Black Lança: tudo que você precisa saber sobre o “super loló”

 

Não poderia escolher outra: Yellow Finger Wooden Tip Long. Foi meu primeiro contato com piteira de madeira e me possibilitou saborear muito mais a erva. Esta piteira é ideal para cigarros longos e finos. Uma espécie de “nos menores frascos residem os melhores perfumes”.

 

redução de danos fumantes piteiras vidro papel madeira Piteira Wooden Tip Long – Yellow Finger (IMAGEM/DIVULGAÇÃO)

 

Piteira de murano

 

Se você se interessou por piteiras de murano certamente você é um fumante experiente, que preza por sua saúde e pelo sabor do seu fumo. As piteiras de vidro artesanal da Yellow Finger são laváveis, resfriam a fumaça (redução de danos extra!) e não deixam gosto no fumo. Sabe o mais legal? São todas peças únicas, nenhuma é igual a outra!

 

redução de danos fumantes piteiras vidro papel madeira Piteiras de Murano – Yellow Finger (IMAGEM/DIVULGAÇÃO)

 

Mas comparando com as outras, ela é um pouco mais “salgada” em relação a custo benefício. Cada unidade custa em torno de R$15,00 e você pode adquiri-las aqui. Mas ela acaba sendo mais efetiva em termos reducionistas pelo diferencial de resfriar a fumaça. Ao tragar, é incrível, não tem aquele arranho na garganta. Fica muito mais suave. No entanto, requer atenção para mantê-la sempre limpa.

 

+ Cristais de THCA: conheça a forma mais pura de THC no mundo

+ A cor do cigarro realmente faz diferença? Descubra!

 

Em muitas vezes do dia pode ser inviável limpá-la para a reutilização. Por isso, é recomendado ter uma piteira de vidro e outras de madeira ou papel para os momentos necessários. (mas a verdade é que você vai adorar as piteiras de vidro e vai acabar colecionando!)

 

*Para limpeza da piteira de murano, deixe-a na água a ferver com sabão ou detergente.

 

Agora que você já conhece um pouco mais sobre piteiras, não vacile no conjunto da obra! Você pode encontrar os melhores itens para Head Shop na Mundo Store. Estão disponíveis até mesmo kits completos pra você não ser pego de surpresa em momento nenhum. (Última dica: kit Squadafum & Yellow Finger é sensacional. Clique e conheça!)

 

*Que tal difundir os conceitos de redução de danos e ainda aumentar sua renda? Gostou? Então clique aqui, entre em contato e saiba como!

 

Por fim, siga Portal Mundo no Instagram, YouTube e Facebook

• Já viu nossos vídeos? Não? Então conheça a TVMundo e desfrute do nosso conteúdo audiovisual!

 

Entrevista com Ventania – Mundo Psicodélico Festival 2018

 

 

Entrevista com VJ Vacão – Mundo Psicodélico Festival 2018

 

 

Tem um concurso incrível rolando para o Mundo Psicodélico Festival 2019. Clique e concorra a 4 passaportes + brindes!

Comentários