Segunda parcela do auxílio emergencial: veja como será feito o pagamento

Segunda parcela do auxílio emergencial: veja como será feito o pagamento

Após atraso o calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial foi divulgado pelo presidente da Caixa Econômica Federal. Confira as datas:

 

A portaria publicada hoje, 15, no Diário Oficial da União  define o calendário oficial de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial concedido aos trabalhadores informais prejudicados, microempresários individuais, autônomos e famílias de baixa renda. Além disso, a portaria também restringe o uso do auxílio por meio da conta digital da caixa e não permite transferência para outras contas bancárias até a data de liberação do saque.

 

As medidas foram pensadas principalmente para evitar aglomerações. Durante o pagamento da primeira parcela a busca física nas agências da Caixa Econômica Federal para sacar e tirar dúvidas foi gigantesca! colocando a saúde de milhões em risco além de contribuir para a disseminação da doença em nosso país.

 

calendários segunda parcela do auxílio emergencial

Fonte: Portaria N°386

 

 

Como vai funcionar o auxílio emergencial na prática

 

De acordo com a portaria, no entanto, os recursos depositados nessas contas do auxílio emergencial “estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual.”

 

Basicamente a Caixa extinguiu a possibilidade de receber o auxílio emergencial por meio de contas bancárias pré-existentes no Banco do Brasil. Todos os mais de 50 milhões de brasileiros beneficiados no programa terão uma conta virtual na caixa que será criada até semana que vem.

 

 

Leia também:

 

 

 

 

 

A movimentação do auxílio estará condicionada ao uso da conta virtual, o dinheiro somente poderá ser sacado ou transferido a partir das datas estipuladas para saque. Os beneficiários do Bolsa Família também terão datas estipuladas separadamente, o depósito e saque usarão como referência o último dígito do NIS, sendo liberados a partir de segunda-feira, 18. Veja o calendário para saque:

 

 

calendário segunda parcela do auxílio emergencial

Fonte: Portaria N°386

 

Além disso, o presidente Jair Bolsonaro vetou a inclusão de categorias profissionais para o recebimento do auxílio emergencial de R$ 600, o socorro financeiro pago pelo governo aos trabalhadores informais afetados pelas medidas de combate à pandemia de covid-19 no país. A lei com mudanças no auxílio emergencial foi sancionada com 11 vetos e publicada hoje (15) no Diário Oficial da União. Leia na íntegra aqui.

 

O calendário publicado nesta sexta-feira vale para as pessoas que receberam a primeira parcela até o dia 30 de abril de 2020.

 

Veja o comunicado completo do Ministro Onyx Lorenzoni:

 

Comentários