SOS Encurralados: iniciativa de estudantes que auxilia empresas durante pandemia

SOS Encurralados: iniciativa de estudantes que auxilia empresas durante pandemia

sos encurralados portal mundo

Iniciativa de alunos de universidades públicas de Santa Catarina auxilia microempresários a superar a crise da COVID-19. O projeto SOS Encurralados atendeu mais de 80 pessoas somente nos últimos dias.

 

Diante do atual cenário de crise, seja financeira ou sanitária, é amplamente noticiado que o impacto na economia global pós-pandemia será o maior dos últimos anos.

 

Enquanto para alguns setores as vendas podem, inclusive, aumentar, para a grande maioria dos microempreendedores o impacto econômico pode ser devastador.

 

 

sos encurralados mundo store portal mundo

 

 

Como funciona o SOS Encurralados

 

Para auxiliar microempreendedores e pequenos negócios informais um grupo de alunos da UFSC e da UDESC (ambas universidades públicas de Santa Catarina) implementaram uma plataforma de auxílio e consultoria gratuita chamada SOS Encurralados. A plataforma conecta micro e pequenos empresários a mentores voluntários.

 

O grupo de voluntários foi formado inicialmente pelos alunos Bruna Nagai (Eng. Eletrônica – UFSC), Isaque Machado (Ciências Econômicas – UFSC), Gabriel Pereira (Eng. Mecânica – UFSC, Diego Ramos (Eng. de Produção – UDESC) e Thaliane Freitas (Eng. de Produção – UDESC). A plataforma, no entanto, foi projetada para ser colaborativa e estão abertas inscrições para mentores voluntários de todo o Brasil e hoje conta com aproximadamente 45 mentores voluntários cadastrados.

 

 

Leia também:

 

 

 

 

 

 

Segundo informações da comunicação oficial da UFSC sobre o SOS Encurralados, “O processo do trabalho inicia-se com o cadastramento na página da plataforma. Em seguida, é realizado o diagnóstico da situação da empresa. Na terceira etapa, ocorre a cocriação da solução para o problema enfrentado. E, por fim, é implementado um plano de ação.”

 

“Desenvolvemos uma jornada que contempla um olhar para o ser humano empreendedor através da escuta e conexão com as suas dores para cocriação de soluções de curto prazo (sobrevivência da empresa) e soluções para adaptar o negócio às novas tendências que impactam o ramo de atividade do empreendedor”, diz o texto de apresentação da plataforma.

 

Somente nos últimos dias o projeto SOS Encurralados já atendeu mais de 80 microempresários em sua rede de assistência. Para expandir ainda mais o alcance, a plataforma precisa de mais voluntários para criar soluções criativas em meio a pandemia. Seja um voluntário clicando aqui.

 

Mais informações sobre como receber ou dar ajuda no site www.sosencurralados.com.br ou na página oficial do projeto no Instagram.

 

 

SOS encurralados no Portal Mundo

 

 

Comentários