Staff da Tomorrowland confessou vender drogas no evento

Staff da Tomorrowland confessou vender drogas no evento

Tomorrowland staff drogas

Um staff da Tomorrowland confessou ao veículo de comunicação belga VTM NEWS que diversos membros da “crew Tomorrowland” vendem drogas durante o evento. A informação foi checada e confirmada por outros funcionários do festival. Ele disse ainda que alguns membros pegam o trabalho especificamente no intuito de vender drogas.

 

A produção da Tomorrowland afirmou que os quase 10.000 funcionários do evento são revistados constantemente. Segundo eles no período de montagem, durante o festival, nas entradas e saídas dos funcionários e também no acesso ao camping de staff. Mas parece não ter sido suficiente.

 

Um outro funcionário disse, referindo-se sobre um colega de trabalho: “Ele tinha 36 comprimidos (Ecstasy), 04 gramas de cocaína, 06 gramas de ‘speed’ (uma espécie de anfetamina) e 04 gramas de ketamina”. 

 

+ Mundo Psicodélico Festival 2019: Hi Profile vs Vegas, Upgrade, Mandragora, Fabio Fusco, Captain Hook e muito mais!

+ Maori Festival anuncia segunda edição para Dezembro de 2019 

 

As verificações de segurança para o público em geral, segundo relatos, foram extremamente rígidas. No entanto, para o time de staff, se comparado, a revista era consideravelmente mais frouxa — permitindo que muitos funcionários tirassem proveito disso.

 

Edição 2019 da Tomorrowland

 

Na edição de 2019, a Tomorrowland atraiu nada mais nada menos que 400.000 pessoas de todo o mundo. A edição deste ano ficou marcada por grandes espetáculos e pelo aniversário de 15 anos do evento. 

 

De acordo com um relatório da Het Nieuwsblad, sessenta e um traficantes de droga e 460 usuários foram presos este ano durante as 2 semanas de Tomorrowland. O número específico de funcionários que vendiam drogas não foi revelado.

 

Sobre a investigação, um representante da Tomorrowland esclareceu o seguinte para a VTM News: “Estamos convencidos de que esse comportamento equivocado de alguns membros da staff é uma grande exceção.”

 

+ Doof Festival é cancelado em Israel pela polícia devido à suposta venda de drogas 

 

Embora esse tipo de atitude não seja comum em festivais, este tipo de comportamento não se limita ao Tomorrowland. No Brasil, existem relatos semelhantes em grupos de música eletrônica e festas rave. Da mesma forma, com frequência ouve-se falar de seguranças que fiscalizam alguma substância e revendem dentro do mesmo evento. 

 

 

Siga Portal Mundo no Instagram, YouTube & Facebook.

• Já viu nossos vídeos? Não? Então conheça a TVMundo e desfrute do nosso conteúdo audiovisual!

 

Entrevista com VJ Vacão – Mundo Psicodélico Festival 2018

 

 

Entrevista com Mandragora – Mundo Psicodélico Festival 2018

 

 

Tem um concurso incrível rolando para o Mundo Psicodélico Festival 2019. Clique e concorra a 4 passaportes + brindes!

Comentários