Entidades argentinas e brasileiras tem se preocupado com o avanço da nuvem de gafanhotos que vem causando destruição desde o