Usuários de maconha buscam alívio e não apenas “onda”, diz estudo

Usuários de maconha buscam alívio e não apenas “onda”, diz estudo

usuários de maconha buscam causa alívio

Uma pesquisa recente da Nielsen nos Estados Unidos com usuários de maconha mostrou que, se a cannabis fosse legal em nível federal, a grande maioria dos usuários a utilizaria para tratar algum tipo de doença.

 

De fato, 85% usariam para combater a dor crônica. 82%, de acordo com a pesquisa, usaria para ajudar na melhoria da saúde mental. 77% desses consumidores buscariam ajuda para dormir e outros 81% o fariam para combater pequenos danos.

 

+ Perigos da maconha e estratégias de redução de danos

+ Cristais de THCA: conheça a forma mais pura de THC no mundo

 

Usuários de maconha e o interesse por benefícios médicos

 

Segundo esta nova pesquisa, 75% dos entrevistados tem interesse em usá-la para relaxar. E 48% dos usuários de maconha faria isso para sentir-se bem e passar um bom tempo com a família e os amigos. Ainda haveria outros 46% que escolheriam o consumo de cannabis para melhorar experiências como música, entretenimento, criatividade ou diversão.

 

Outro fato muito significativo que a pesquisa constatou é que 88% das pessoas que sofrem de enxaqueca ou dores de cabeça e consomem medicamentos prescritos, usariam a cannabis para combatê-las. Outros 64% dos entrevistados usariam para ajudar com as dores no pescoço ou nas costas, 63% para artrite e 61% das mulheres para aliviar a dor menstrual.

 

+ Maconha sem cheiro pode se tornar realidade

+ Óleo de maconha pode ser a chave para entender o autismo

 

67% dos usuários de maconha entrevistados acreditam que a cannabis é mais generosa com sua saúde do que os remédios receitados ou de venda livre. Da mesma forma, 69% também acreditam que a maconha é mais natural do que as opções tradicionais.

 

Leia mais sobre os possíveis benefícios maconha.

 

Por fim, siga Portal Mundo no Instagram, Youtube e Facebook

 

Já viu nossos vídeos? Não? Então conheça a TVMundo e desfrute do nosso conteúdo audiovisual!

 

Entrevista com Mandragora – Mundo Psicodélico Festival 2019

 

 

Entrevista com Hi Profile – Mundo Psicodélico Festival 2019

 

 

 

 

Comentários