Vaporizadores e cigarros eletrônicos podem ser proibidos nos EUA

Vaporizadores e cigarros eletrônicos podem ser proibidos nos EUA

cigarros-eletrônicos-de-sabor-trump-proibir-vaporizadores

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na última quarta-feira (11) que planeja proibir vaporizadores e cigarros eletrônicos com sabor. Nos últimos meses, ocorreram 6 mortes nos EUA e outros 450 casos de adoecimento decorrentes do uso de nicotina, produtos de maconha ou ambos nos dispositivos. Boa parte dos usuários relataram dificuldade para respirar e dor no peito. Alguns foram hospitalizados e precisaram de assistência respiratória. Na opinião de Trump, “as empresas estão ficando ricas com a morte das pessoas.”

 

Em uma aparição no Salão Oval da Casa Branca, acompanhado de sua esposa Melania Trump, de seu secretário de saúde e serviços humanos Alex Azar, e do chefe interino da agência de medicamentos e alimentos (FDA) Norman Sharpless, Trump disse que a questão havia se tornado tão crucial que os pais precisavam ser ensinados sobre o que estava acontecendo com os jovens. “As pessoas vão ouvir ao que estamos dizendo e os pais serão muito mais rígidos em relação ao consumo desses produtos por parte dos filhos”, disse ele.

 

Sobre as empresas do setor, Trump pensa que “se tornaram muito ricas muito rapidamente, e a coisa toda com vaping é muito rentável. Eu quero empresas no país – vocês sabem disso… é por isso que estou lutando com a China. Mas não podemos permitir que as pessoas fiquem doentes. Não podemos deixar nossos filhos tão afetados” .

 

+ Redução de danos para fumantes: piteiras de papel, madeira ou murano?

+ Em Portugal, jovem intoxica família com bolo de maconha

 

Alex disse que a Administração Federal de Alimentos e Medicamentos (FDA) desenvolveria diretrizes para remover do mercado todos os sabores de cigarros eletrônicos, exceto tabaco.

 

“Temos que remover esses produtos com sabor atraente do mercado até que eles consigam a aprovação da FDA, se puderem”, disse Azar.  Ele afirma que os fabricantes de produtos com sabor poderiam solicitar a permissão da FDA para entrar novamente no mercado, mas apenas produtos que representam um benefício para a saúde pública do país podem obter a aprovação da FDA.

 

Alex disse que o governo permitirá que cigarros eletrônicos com sabor tabaco permaneçam disponíveis como opção para fumantes adultos. Mas ele alerta que, se as crianças começarem a usar esses produtos, “tomaremos medidas coercitivas também”.

 

Mortes e comas devido ao uso de vaporizadores 

 

Os primeiros comentários públicos do presidente sobre vaping ocorrem quando as autoridades de saúde de todo o país estão investigando centenas de doenças respiratórias relatadas em pessoas que usaram cigarros eletrônicos e outros dispositivos vaping.

 

Vários adolescentes foram induzidos em estado de coma, incluindo um cujos médicos disseram que, caso se recupere, poderá precisar de um transplante de pulmão.

 

Nenhum dispositivo, ingrediente ou aditivo foi identificado como causador. 

 

Os vaporizadores são comercializados nos Estados Unidos desde 2006 e são vistos como uma opção para parar de fumar cigarros tradicionais. Mas, ao mesmo tempo, eles são super populares com adolescentes, devido aos sabores de frutas e doces.

 

+ Os perigos da maconha prensada e formas de redução de danos

+ Prefeito de São Paulo sanciona lei que proíbe fumar em parques públicos

 

Pais, políticos e defensores da saúde cada vez mais pedem uma repressão a estes “cigarros eletrônicos de sabor”. Eles argumentam que eles são os principais culpados por uma recente onda de vaping entre adolescentes americanos. 

 

Relatórios sugerem que qualquer proibição de produtos aromatizados seria um grande golpe pra indústria vaping, incluindo empresas como a Juul. A Juul cresceu rapidamente em um negócio multibilionário e hoje é a principal marca da área nos EUA.

 

Mas a Juul e outras empresas argumentam que seus produtos se destinam a ajudar fumantes adultos a se afastar dos tradicionais cigarros de papel e tabaco.

 

+ Cigarro de palha vs Cigarro convencional: qual faz menos mal?

 

Sendo assim, alguns governos locais, incluindo San Francisco, proibiram o fumo com sabor. Este mês, Michigan se tornou o primeiro estado a proibir cigarros eletrônicos.

 

Em Portugal, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia pediu cautela aos usuários, recordando que o melhor é “respirar ar limpo”. A sociedade pediu ainda que os médicos comuniquem eventuais casos de doença relacionados ao uso de vaporizadores.

 

 

 

Siga Portal Mundo no Instagram, YouTube e Facebook

Já viu nossos vídeos? Não? Então conheça a TVMundo e desfrute do nosso conteúdo audiovisual!

 

Entrevista com Ventania – Mundo Psicodélico Festival 2018

 

 

Entrevista com Mandragora – Mundo Psicodélico Festival 2018

 

 

Tem um concurso incrível rolando para o Mundo Psicodélico Festival 2019. Clique e concorra a 4 passaportes + brindes da marca!

Comentários